Photo Club Entrada Franca
Fechar!

Photo Club Entrada Franca

Postado por Entrada Franca em 28/02/2013

Desenhando com a Luz, sombras, cores e muitas inspirações. Foto Clube Entrada Franca uma nova opção de cultura e arte em São José dos Campos.

Proxima saída fotográfica: Quinta, 7 de março de 2013 às 18:00. É GRATUITO – PARTICIPE!

  • Photo Club Entrada Franca

    Photo Club Entrada Franca

    Postado por Entrada Franca em 28/02/2013

    Desenhando com a Luz, sombras, cores e muitas inspirações. Foto Clube Entrada Franca uma nova opção de cultura e arte em São José dos Campos.

    Proxima saída fotográfica: Quinta, 7 de março de 2013 às 18:00. É GRATUITO – PARTICIPE!

  • Quem somos

    Quem somos

    Postado por Entrada Franca em 26/08/2010

    A Associação Entrada Franca tem por finalidades divulgar e promover em âmbito local, nacional e internacional a qualidade de vida no dia a dia das pessoas. Mostrar tendências, reflexões, sugestões a valorização da cultura nacional, movimentando-se por meio de registros culturais e históricos, promovendo o desenvolvimento sustentável de interesse da coletividade, com a finalidade social […]

  • O que é qualidade de vida?

    O que é qualidade de vida?

    Postado por Entrada Franca em 26/08/2010

    Qualidade de vida é o método usado para medir as condições da vida de um ser humano. Envolve o bem físico, mental, psicológico e emocional, além de relacionamentos sociais, como família e amigos e também a saúde, educação, arte, cultura, turismo, esporte, poder de compra e outras circunstâncias da vida.

Coloque o corpo para se mexer e minimize a retenção de líquidos

Posted by Entrada Franca   Jul 11th, 2011   No Comments »
Coloque o corpo para se mexer e minimize a retenção de líquidos

Você também sofre desse mal? Descubra agora as atitudes a tomar para mudar esse quadro

O ponteiro da balança e o inchaço não te deixam negar que você também é afetada pela retenção de líquidos? Pois bem, está na hora de se mexer. “O exercício físico funciona como uma drenagem linfática, pois leva o líquido em excesso para o sistema linfático e dessa forma ele é eliminado pelo organismo”, explica a Dra. Gláucia Carneiro, médica endocrinologista, membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia – Regional São Paulo. Por isso, praticar um ou mais exercícios físicos com regularidade e diminuir a retenção de líquidos são ações que caminham de mãos dadas.

De acordo com a especialista, homens e mulheres podem sofrer com a retenção de líquidos, sendo a causa mais comum a idiopática, ou seja, sem causa aparente, atribuída normalmente ao excesso de sal, ao excesso de insulina no corpo e à falta de proteína. O aumento do hormônio progesterona também gera retenção durante a fase pré-menstrual, o que costuma atormentar as mulheres todos os meses. Além dessas, existem outras diversas causas da retenção de líquidos, dentre elas as doenças cardíacas, do fígado, do rim, tireóide e doenças dos vasos.

Para evitar a retenção de líquido, ações conjuntas devem ser tomadas. Além de inserir a atividade física em sua rotina, outra mudança que contribui para minimizar esse desconforto está na dieta alimentar. “É importante ter uma dieta com pouco sal e carboidrato para não estimular a insulina no corpo, e ingerir proteínas”, alerta a especialista. Não foi a primeira vez que você ouviu que o uso de sal deve ser feito com extrema moderação, não é?!

A drenagem linfática propriamente dita, oferecida em clínicas de estética e em atendimentos em casa, também é recomendada. “Junto à dieta e ao exercício físico ela proporciona grande benefício para quem tem retenção de líquidos de causa idiopática, por conduzir o líquido excedente para os rins para serem eliminados”, afirma.

Que dizer das mulheres grávidas, elas retêm mais líquido? Por quê?

“Sim, as grávidas têm níveis elevados da já mencionada progesterona, hormônio que estimula a retenção de líquidos; por isso recomendamos hidroginástica e não ficar muito tempo em pé para evitar a retenção, com uma dieta equilibrada”, esclarece a endocrinologista.

Fonte: Dra. Gláucia Carneiro, médica endocrinologista, membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia – Regional São Paulo. Site – www.queromemexer.com.br

Deixar uma resposta